Início Brasil Luisinho, tricampeão DPKin, abre a série de entrevistas.

Luisinho, tricampeão DPKin, abre a série de entrevistas.

52
0
COMPARTILHAR

Luis Ricardo, o Luisinho, é um daqueles pilotos “da casa”. Começou a andar de Kart em um dos campeonatos do DPKin e de lá pra cá não parou mais. Piloto, 3 vezes campeão do DPKin, já conquistou muita coisa dentro e fora das pistas nestes 10 anos de história dentro do campeonato mais tradicional de Pernambuco. Por essas e outras, Luisinho abre nossa série de entrevistas, de 5 perguntas, com pilotos do Desafio Pernambucano de Kart Indoor.

DPKin: Luisinho, você é o único tricampeão do DPKin, então nos diga qual as razões desse jejum de títulos nos últimos 3 anos.
Luisinho: O fator determinante para não ter disputado o título no último ano foi o quesito saúde. Mas nos outros 2 anos fiquei no top 5 sempre. O fator sorte, ou melhor: a falta dela, foi determinante pra não disputar diretamente o título em 2013 e 2014.

DPKin: Você é um piloto que começou a carreira no DPKin, qual o conselho que você passaria passaria para a turma que está começando agora?
Luisinho: Que aprenda o máximo com o DPKin, pois é uma escola incrível, dado o alto nível dos pilotos. Que tenha a humildade de olhar os mais experientes e aprender com eles! De ser humilde em perguntar quais são os segredos e os atalhos do kart.
Que se dediquem, que treinem, que queimem borracha! Pois só assim vão chegar a algum lugar. Sou o que sou hoje como piloto graças ao DPKIN!
Foi o DPKin que abriu as portas do automobilismo pra mim.

DPKin: Qual sua melhor atuação em uma corrida no DPKin? Você consegue recordar e nos contar?
Luisinho: Sim, claro que me recordo!
Foi no meu 1º ano no DPKin. Nesta ocasião eu ainda não era o Luis Ricardo conhecido, e sim um mero novato na categoria, onde as estrelas eram Jarbas, B. Peixoto, T. Aragão entre outros. Foi a partir desta corrida que apareci e comecei a ser observado pelos que corriam. Larguei na pole e na 2º volta me jogaram pra fora, rodei e cai pra último, perdi muito tempo, mas consegui uma recuperação inesquecível e fui passando 1 a 1 todos os pilotos e na última curva da última volta passei o 1º e ganhei a corrida! E acho também que esta foi a minha 1ª vitória no DPKin!

DPKin: O que o DPKin representa para você como pessoa e como piloto?
Luisinho: O DPKin, como piloto, representa tudo! Se não existisse o DPKin tenho quase que 100% de certeza que hoje eu não seria o que sou como piloto! Com certeza não estaria no nível que estou hoje. O DPKin pra mim como piloto é tudo!
Como pessoa, é sinônimo de amizade. De grandes amizades.
Hoje meu maior ciclo de amigos vem do DPKin.
Convivo muito mais com os amigos que fiz ao longo destes 10 anos (este ano completo 10 anos) do DPKin do que de outros ciclos de amizades.
DPKin faz parte de minha vida, tenho como uma outra família.

DPKin: O que você espera desta temporada 2016.1 e o que Luisinho vai fazer para tentar conquistá-la?
Luisinho: Rapaz… Eu espero muita disputa, muitas corridas boas e com muitas disputadas acirradas! Corridas decidias nos detalhes, décimo de segundo a décimo de segundo. Vai ser um ano e tanto neste quesito!
Eu, particularmente, vou lutar e me dedicar ao máximo pra vir o tão sonhado Tetracampeonato. Não vou dar mole não e esperem um Luisinho mais duro de briga do que nunca!

 

Booking.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, informe seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui