Início Brasil Catarinense equalizado e extremamente disputado

Catarinense equalizado e extremamente disputado

43
0
COMPARTILHAR

A terceira edição do Campeonato Catarinense de Kart Indoor aconteceu no último dia 14 de agosto no tradicional Kartódromo Internacional Beto Carrero, com a participação de mais de 80 pilotos inscritos em três categorias. O clima começou úmido, com pista molhada, porém logo nas primeiras passagens a pista secou, para alegria da maioria dos pilotos, mas sem antes proporcionar alguns sustos.

A categoria Graduados, a vitória da primeira bateria ficou com Gilberto Silva por uma diferença de 0.874 milésimos do segundo colocado Bruno Albino, os irmãos Luiz Vargas e Luiz Sena ficaram em terceiro e quarto. Leandro Oliveira foi o quinto e Ricardo Salvador o sexto. Na segunda bateria da Graduados, uma pequena garoa fez a prova ficar muito interessante, quem cruzou a linha em primeiro foi Eduardo Schmidt, mas punido acabou apenas em sexto. A vitória ficou com Ricardo Schwingel, Guilherme Fachini em segundo e Luiz Vargas em terceiro. O quarto colocado foi Ricardo Salvador e Gilberto Silva foi o quinto. A vitória da terceira bateria caiu no colo do sempre rápido Gilberto Silva (por conta da penalização dos ponteiros), com Leandro Oliveira em segundo e Ricardo Salvador em terceiro.

Já na fase classificatória da categoria Super Graduados, que corre com lastro de peso de 110kg. Tivemos a vitória apertada de Gilberto Silva, apenas 0.126 a frente de Luiz Vargas. O Catarinense 2021 foi marcado por um grande equilíbrio, tanto dos pilotos quanto do equipamento usado, o kartódromo e a Reis Motorsports vem investindo nos equipamentos empregados em 2021, além é claro de uma equalização feita com muito capricho. Para termos uma idéia, na segunda classificatória da Graduados os três primeiros foram separados por apenas 0.358, a vitória foi novamente de Gilberto Silva, a segunda posição ficou com Juliana Petruschky e o terceiro lugar ficou com Ricardo Loewen. Rogerio Guerra, piloto do oeste de Santa Catarina fechou a Super Graduados com a vitória na última classificatória.

A categoria Master, a mais rápida da competição, teve como vitoriosos Thiago Karsten (apenas 0,153 a frente de Rafael Santos), Ricardo Salvador e Augusto Ferreira. Em todas as baterias classificatórias o equilíbrio e as disputas acirradas foram marca registrada. Após a fase classificatória, as finais de cada uma das categorias foram definidas.

A grande final com os 15 melhores da categoria Graduados foi intensa, com seis karts cruzando a linha de chegada praticamente juntos, quem cruzou na frente foi Gilberto Silva, mas ele foi punido e terminou em quarto lugar, a vitória na final ficou nas mãos de Bruno Albino. O segundo lugar foi de Luiz Sena e Luiz Vargas em terceiro, o quinto foi Ricardo Salvador e Rodrigo Vieira foi o sexto. Com a somatória de pontos, o título da categoria Graduados ficou com o piloto de Brusque, Bruno Albino. A segunda posição ficou com Gilberto Silva, e Luiz Vargas foi o terceiro. O quarto lugar ficou com Ricardo Salvado, com o quinto lugar de Luiz Sena e o sexto Guilherme Fachini fechando o pódio.

Na bateria final da Super Graduados, novamente tivemos uma bateria incrível, durante boa parte a disputa pela vitória ficou entre 7 a 11 karts e quando cruzaram a linha de chega, a diferença do primeiro para o quinto colocado foi 1.472. A vitória ficou com Gilberto Silva, o piloto que mais venceu baterias no evento. Guilherme Fachini terminou em segundo, Juliana Petruschky na terceira posição, com Rogerio Guerra em quarto e Luiz Vargas em quinto. O sexto colocado foi Ricardo Loewen.

Com a somatória de pontos da final, o título de Campeão Catarinense de Kart Indoor da categoria Super Graduados foi do piloto de Florianópolis, Gilberto Silva. Rogerio Guerra foi o vice-campeão, com Anderson Weiss em terceiro e Ricardo Loewen em quarto. O Quinto colocado foi Luiz Vargas e Fabio Miranda fechou o pódio em sexto.

A final da categoria Master não ficou devendo as outras baterias do dia. Thiago Karsten e Rodrigo Vieira lutaram boa parte da corrida pela primeira posição e no fim, Rodrigo Vieira venceu por apenas 0,072 de diferença para Thiago Karsten. Rafael Santos, Guilherme Fachini, George Piva e Bruno Albino fecharam o pódio da final. Após o final da categoria Master, Rodrigo Vieira sagrou-se Campeão Catarinense de Kart Indoor, seguido por Thiago Karsten, Rafael Santos, Luiz Sena, Augusto Ferreira e Guilherme Fachini.

Por fim, as finais davam vagas para a grande final do dia, a Final Geral, o campeão dessa final geral recebe o prêmio fomento. O piloto recebe todo o suporte para competir no Campeonato Catarinense de Kart Profissional de 2021 que ocorrerá em Penha, no mês de outubro. A Final Geral fechou o dia como chave de ouro, a diferença na linha de chegada entre o primeiro e o décimo foi de 0,921 e vale registrar a diferença entre os dois primeiros, 0,093. Luiz Sena se manteve na frente nas voltas finais e se sagrou Campeão Catarinense de Kart Indoor na categoria Geral, com a vitória ele levou a vaga para o Campeonato Catarinense de Kart Profissional, um macacão personalizado da Forza Sport (forzasport.com.br), aluguel do motor F4, chassi em modo de empréstimo e jogo de pneus para competir em outubro. O vice-campeão foi Rodrigo Vieira, seguido por Bruno Albino, Luiz Vargas, Thiago Karsten e Guilherme Fachini.

Todas as baterias e a transmissão na integra podem ser vistas no canal da RA RACING no Youtube (www.youtube.com/raracingtv), as fotos da competição e os resultados podem ser vistos no site da competição (www.catarinensedekartindoor.com.br).

 

 

 

Booking.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, informe seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.